Buscar
  • Marketing LBF

Fundo Emergencial


No Brasil a cultura da educação financeira não é difundida ainda.

Não somos ensinados em casa como administrar nossas finanças e em tempos de crise nos vemos perdidos, não sabemos o que fazer para não afundarmos mais ainda.



Segundo levantamento da CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) e do SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), com apoio da CVM (Comissão de Valores Mobiliários), apenas um terço (29%) dos brasileiros consegue, às vezes, fazer uma reserva para emergências e 1 em cada 10 guarda alguma quantia sempre ou frequentemente (dados de 2019).


Primeiro vamos entender, o que é um fundo emergencial?


O nome já indica, é um montante que está reservado para eventualidades e imprevistos. Para que não seja necessário mexer em outras fontes financeiras.


Começar uma reserva pode ser algo difícil sem orientação e sem saber por onde inicia, algumas dicas são necessárias para iniciarmos este caminho:


  1. Separe o importante do supérfluo: organize suas contas no que são prioridade e aquelas que podem ser retiradas ou que não são essenciais. Tome cuidado em não retirar tudo que acredita que pode viver sem, nada de mudar seu estilo radicalmente.

  2. Tenha uma planilha de gastos organizada: É importante anotar todos os gastos. Para que você possa saber o quanto pode investir mensalmente em sua reserva é importante entender onde está aplicando seu dinheiro, por isso a importância de manter esta planilha atualizada.

  3. Qual tamanho ideal da sua reserva: especialistas apontam que o ideal é termos de 6 meses a um ano das despesas mensais, ou seja, organize para que possa ter esse valor investido.

  4. Quanto devo economizar mensalmente: este valor é baseado em duas despesas fixas e nas variáveis. Existem diversos cálculos e maneiras de se chegar a este valor, busque orientação antes de decidir quanto guardar mensalmente.

  5. Tenha seu dinheiro como prioridade: A cada 6 meses reavalie esta reserva, verifique como está e se é necessário atualizar os valores conforme seu contexto atual.

  6. Defina aonde irá investir: É importante escolher aonde irá deixar sua reserva, em que tipo de banco, ou investimento irá aplicar o valor.


Inicialmente podemos até nos atrapalharmos, mas a rotina vira hábito, portanto, comece a preparar a sua reserva.


Importante, tenha sua renda sob seu controle, priorize seu futuro financeiro.




2 visualizações

Comunicação

Assessoria de Imprensa

© 2020 por Life Brasil Franchising. Orgulhosamente criado por b36 tecnologia